Comprinhas Baratas Na Dinamarca

Olá pessoal, tudo bem com vocês?

Pra quem não sabe eu estou viajando para fora do país, sendo mais específica para a Dinamarca, porque vim visitar o meu namorado, eu até falei um pouquinho de como está sendo a minha experiência com o frio nesse post aqui, nele eu também falo o quanto viver na Dinamarca é caro, isso vale para consumo e serviços. Isso porque, as taxações de impostos são pesadas pelas bandas de cá, mas eu como boa penchincheira que sou acabei descobrindo um site maravilhoso para comprar makes, produtos de cabelo, produtos de limpeza, snacks e muitas outras coisas bem mais em conta que nas lojas físicas, então se você mora por aqui e tá querendo uma dica quente, continue lendo esse post.

O Lux Plus funciona como um clube de vantagens, onde você assina e paga uma taxa mensal de 89 Kr (mais ou menos R$ 47,64) e recebe descontos de até 80% nos produtos, por exemplo, eu comprei uma paleta que na loja física saía por 140 Kr, (R$ 74,94) e nesse site eu paguei 69 Kr (R$ 36,93) foi ou não foi um negociãozão?! Eu paguei menos da metade do preço por esse produto, um outro ponto legal desse site é toda a compra não tem frete, então se você comprar 10 Kr ou comprar 100 Kr a entrega é gratuita.

Ah Arlaine, mas esse negócio de mensalidade não é comigo, não quero ficar pagando essa grana mensalmente, ok o site te deixa “experimentar” o serviço na sua primeira compra, você registra o seu cartão de crédito, faz a sua compra recebe os seus descontos, e depois de 24h pode retirar o seu cartão, mas se quiser voltar a usar o serviço aí sim a mensalidade é cobrada normalmente, é bem simples e eu optei por comprar apenas uma vez e já retirei o cartão de crédito. Um lance que vale muito a pena falar é que não são todas as marcas que terão esses descontos adocicados não, muitas marcas como MAC, Benefit, Clinique acabam saindo pelo mesmo preço, um ponto bem negativo é se você for negra como eu, ou tiver a pele morena e quiser comprar base, você não vai encontrar nenhum tom, todas que eu vi eram tons pala pele branca, então nesse caso vale a pena pagar um pouco mais para pelo menos ter acesso as bases da sua cor.

Essa introdução foi bem grande, até mais que eu imaginei, mas bora conferir as comprinhas..

Makes 

Paleta de bases, e contorno da Technic – Colour Fix 2 e delineador em gel.

A Technic é uma marca inglesa (acho que quase tudo que eu comprei são de marcas da Inglaterra), essa é uma marca bem popular, você encontra facilmente em farmácias por lá, acabei não procurando umas resenhas antes de comprar essa palet, mas pelo preço achei que super valeu a pena, eu paguei 19 Kr ( cerca de R$ 10,17). São 8 cores entre bases e corretivos todos efeito matte.

Também da Technic eu comprei esse delineador em gel, que eu achei um babado, super pretinho e não facilmente ainda não usei mas ele parece não borrar. Eu paguei 15 kr, cerca de R$ 8,03.

Pó banana, primer e cola para cílios da W7.

A W7 também é uma marca inglesa, que assim como a marca anterior é bem popular e de fácil acesso, podendo ser encontrada em muitas das farmácias da Inglaterra, aqui na Dinamarca também é possível encontrá-la em lojas como a Normal, que é bem conhecida pelos dinamarqueses.

Eu comprei o pó banana (aquele famoso das Kardashians), mas claro que foi um dupe bem baratinho. O Banana Dreams é um pó solto da W7, e é mais um similar do original Ben Nye, para fazer a famosa técnica baking. O Banana Dreams custou também 19 kr (cerca de R$ 10,17).

Outro item baratinho e que fez a minha felicidade, foi essa esse primer também da W7 o Porefection é um minimizador de poros (que eu tive oportunidade de testar em uma loja, e me impressionou demais, passei apenas nas mãos, mas o resultado é bem visível, ele tem aquele efeito blur que ajuda muito na hora de disfarçar poros muito apertos ou imperfeições visíveis, foi um item que realmente fiquei ultra contente pelo preço e pela qualidade. O Porefection custou 29 Kr, ou R$ 15,52 e vem com 16 ml, achei bem amorzinho esse produto.

20180225_132403

Da marca W7 o último item foi essa colinha para cílios, Lash Adhesive, que eu comprei mais porque eu fiquei cansada de fazer bagunça com a cola pretinha, e decidi tentar usar a incolor pra ver se tenho algum resultado melhor, o preço também foi bem baratinho para os padrões dinamarqueses 15 kr ou R$ 8,03.

20180225_132339

MUA – Makeup Academy paleta de sombras Heaven e Earth.

A Makeup Academy, também é uma marca bem acessível e que pode ser encontrada em muitos sites e farmácias da Inglaterra, EUA, e algumas lojas aqui na Dinamarca.  A paleta que eu comprei possuí 12 cores de sombras em tons neutros, brilhantes e tons metalizados, achei a pigmentação maravilhosa, e o valor muito pequeno, quase simbólico, 29 Kr ou R$ 15,52, amei muito essa paleta e certamente vou comprar outras coisas da marca.

Sunkissed iluminador líquido.

Comprei da marca Sunkissed o iluminador High Lights Instant Radiance, eu já estava de olho nos iluminadores líquidos, mas ainda não tinha comprado nenhum, ai acabei vendo esse produto e fiquei curiosa. Ele pode ser misturado na base pra dar aquele glow, e pode também ser usado como um iluminador comum, testei apenas na mão e achei o brilho bonito, mas nada discreto. Esse produtinho também foi bem baratinho, custando 15 kr, cerca de R$ 8,03.

20180225_132532.jpg

Cílios postiços Bourjois.

Comprei também dois pares de cílios da Boujoris que é uma marca francesa que eu amo as máscaras, e resolvi arriscar nesses cílios que parece ser muito legal, e também foi bem baratinha, 15 Kr (R$ 8,03).

20180225_132428

Paleta de sombras Makeup Revolution e corretivo da Freedom Makeup.

Pra quem não está familiarizado com essas duas marcas, elas andam sendo assunto de muitas bloggers gringas, bom são 3 marcas Makeup Revolution, Freedom Makeup e o I ❤ Makeup, produzidas pelo mesmo fabricante a TAM Beauty, e a proposta dessas 3 marcas é produzir makes de qualidade, dupes de grandes marcas, com qualidade e preços acessíveis.

Fiquei louca com tudo (pirando mesmo), e acabei comprando uma paleta com 30 cores de sombras, a Fortune Favours The Brave, é uma paleta simplesmente linda, recheada de tons marcantes, divididos entre tons matte, iluminadores, eu amei muito a seleção de cores, e já quero testar outras paletas da marca também. A Fortune Favours The Brave me custou 69 Kr, cerca de 36,96, e foi o item mais caro dessa leva.

O corretivo da Freedom Makeup Pro Longwer, infelizmente veio com defeito (estragado mesmo), e eu já mandei um e-mail solicitando a troca, então nem vou entrar muito no mérito desse pra não acabar falando algo que no futuro eu possa me arrepender (tanto positivamente, quanto negativamente), bom pitangas a parte ele custou 19 kr (cerca de R$ 10,17).

20180225_132555.jpg

Por último, mas não menos importante, condicionador Alberto Balsam.

Eu comprei um condicionador no mesmo site, esse é um produto que as gringas que fazem no poo vivem comentando, e eu morria de curiosidade, até cheguei a listar esse produto em uma lista de condicionadores liberados, que você pode conferir aqui, o Clear E Fresh, foi o item mais barato dessa lista ele custou 9 Kr, cerca de R$ 4,82 e eu estou louca para fazer co-wash e para usá-lo como condicionador, pra ver se ele é isso tudo mesmo que a galera fala.

Bom o post ficou bem enorme, eu queria mesmo ter feito um vídeo, mas senti que tava devendo um post assim aqui no blog, então porque não?!

Espero que vocês tenham gostado, se alguma leitora aqui da Dinamarca ou região tiver alguma indicação de produtos ou lojas me contem aqui nos comentários, que vai ser bem legal trazer mais conteúdos como esse de compras bem baratinhas pra vocês.

Obrigada pela cia e sempre beijos e até mais!

 

Anúncios

Dinamarca 2018 – Primeiros Dias

Oie, amanhã faz uma semana que eu cheguei a Dinamarca, já vinha falando pra vocês a algum tempinho que faria essa viagem, e resolvi registrar um pouquinho de como foi a minha reação ao frio, e gente, é frio MESMO!

Contei bem rapidinho nesse vídeo, um pouquinho das minha impressões do frio, falei também um pouquinho sobre a política e sobre a imigração no país, o vídeo tá bem legal e será o primeiro dessa viagem, que vai contar com bastante posts legais, resenhas de produtos bacanérrimos que eu já estou garimpando por aqui, e muito mais.

Obrigada pelo carinho e companhia de sempre, espero que vocês tenham gostado, me contem aqui nos comentários, quais são as impressões de vocês sobre o país, se ficaram muito curiosos, vou mostrando pra vocês aos pouquinhos esse país que é um verdadeiro sonho, e riquíssimo culturalmente.

Um super beijo e até mais!

8 Itens Indispensáveis Na Mala de Inverno

Olá pessoal, tudo bem com vocês? Espero que sim!

Reza a lenda que nós brasileiros nunca passamos realmente por um inverno em terras Tupiniquins, portanto a maioria de nós não tem nem noção do que levar para um país onde a temperatura mínima pode chegar a 17º negativos, pensando nisso hoje eu trouxe pra vocês 8 itens pra você levar na mala de inverno, então prepara o chocolate quente e vem comigo. Continuar lendo “8 Itens Indispensáveis Na Mala de Inverno”

06 Dicas Para A Sua Primeira Viagem Internacional

Oie, tudo bem com vocês?

Tá todo mundo sabendo que fevereiro iria se iniciar uma série de posts sobre viagem, o #DeMalasProntas já abordou o assunto malas (se você perdeu é só clicar aqui), e hoje eu vim dar algumas dicas rápidas pra você que vai realizar a primeira viagem internacional.

1 ª Dica: Passaporte ou Identidade?

Essa é uma dica pra quem vai fazer a sua primeira viagem internacional e ainda não tem o passaporte, saiba que é possível sim, mas somente para alguns países da América do Sul; Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela compõe o grupo de países em que se pode viajar sem portar o documento de passaporte, você pode conhece-los apenas utilizando o seu RG. E isso é bom? É sim, mas saiba que o passaporte além de levar para mais localidades, é carimbado onde quer que você vá, e acredite: vistos abrem portas para as suas próximas viagens. 

Ah é muito importante lembrar que para se viajar o seu passaporte tem que estar em dia e dentro da validade, alguns países exigem que o documento tenha no mínimo 6 meses antes do vencimento.

2 ª Dica: vistos e vacinas

Pra quem não sabe, existem algumas permissões necessárias para se conhecer determinados países, os vistos são necessários em países que não tem certos “acordos” com o seu país de origem. Então pesquise bastante o destino desejado para que não haja surpresas desagradáveis no desembarque.

As vacinas também devem ser motivos de atenção, alguns países exigem o comprovante internacional de vacinas, para que seja liberada a entrada do indivíduo, e para que a estadia seja mais segura.

3 ª Dica: hora de comprar as passagens

Essa é uma dica que vale ouro, as passagens aéreas nem sempre tem valores sedutores, então pesquisar MUITO é essencial para que haja alguma economia ou presença de vantagens. A primeira dica é usar buscadores, Momondo, Google Voos, Skyscanner, Melhores Destinos e muitos outros vão lhe mostrar os mais diversos preços das agências, para aquele determinado destino. Outra dica valiosa, é para que você também confira os preços no site das companhia aéreas, eles também podem variar para mais ou para menos.

A próxima dica é: tenha flexibilidade, pode parecer uma dica boba, mas se você puder comprar as suas passagens antes de tirar férias, ou marcar as suas férias depois que comprar as passagens, você pode encontrar muitos descontos, também tenha flexibilidade nos dias e horários de viagens, dê preferência para dias e horas em que ninguém quer voar, como por exemplo sábado de manha.

Ah, em algumas companhias aéreas existe a possibilidade de parcelar o pagamento das passagens, então antes de comprar pesquise bastante para encontrar uma facilidade a mais.

4 ª Dica: como pagar mais barato no hotel?

A estadia pode ser um dos itens mais caros de uma viagem, portanto uma das melhores dicas para se economizar na hospedagem é sem dúvida a reserva antecipada, mas antecipada mesmo, tipo uns 4-6 meses antes da viagem, em alguns destinos a economia pode chegar a 20 – 25%.

Outra dica é usar buscadores online, eles também são uma excelente forma de economizar, além de ser um contato mais “direto” com o hotel, hostel, já que você poderá ter opiniões reais de pessoas que já se hospedaram naquele local, o meu favorito é o Tripadvisor, mas existem também o Trivago, Booking e muitos outros.

Mais uma vez a flexibilidade é algo que pode te ajudar a economizar muito, então pra pagar taxas mais docinhas, tenha bastante versalidade e dê preferência a baixa temporada, sempre.

5 ª Dica: esteja atento, sempre!

Essa é uma dica que é de extrema valia para todos os turistas de primeira viagem, estar atento aos horários é essencial para que não haja uma das piores coisas que se pode acontecer em uma viagem que é: perder o voo. Pode parecer algo simples, (afinal de contas é só se manter no horário), mas NÃO. Então se você é viajante iniciante, essa dica é preciosa e ela já começa no momento em que você vai escolher as suas passagens (especialmente se você quer se tornar o próximo rei ou rainha das conexões), entre um voo e outro, existe uma pausa, melhor dizendo, um tempo estipulado, onde você terá que calcular, quanto tempo chegar no local de embarque, quanto tempo passar pela imigração, se houve necessidade de um novo check-in, e nem sempre esse tempo é suficiente, já que existem os fatores fila, e tamanho do aeroporto. Portanto, queridas (os) atenção, quanto mais tempo durante essa ‘pausa’, mais suavidade e mais tranquilidade para resolver os demais assuntos relativos a sua viagem. Dê preferência para voos com no mínimo 2h:40m de conexão, assim é certeza que você vai ter tempo suficiente (inclusive caso se perca).

6 ª Dica: eu preciso mesmo de um seguro saúde?

A resposta dessa pergunta é inegavelmente sim, o seguro saúde é uma das necessidades básicas de uma viagem. Fazer um seguro saúde não significa que você vá se acidentar, ou adoecer durante o seu tão sonhado passeio, mas significa se você tiver alguma eventualidade ou urgência haverá para quem recorrer. Além do mais, existem alguns países que exigem o seguro saúde para que você receba o visto de entrada, e caso você vá para um país onde o frio é extremo, é muito bom ter essa opção independente de quanto tempo você ficará no local.

Então é isso pessoal, espero que vocês tenham gostado esse foi mais um post da nossa série #DeMalasProntas, ainda tem muita coisa boa por vir, não deixe de conferir o vídeo que eu fiz lá no youtube apresentando a mala Virgínia que eu recebi da Tonin Malas, obrigada pela companhia de sempre, e me contem aqui nos comentários quais foram as suas dicas favoritas, o que vocês acrescentariam, qual o destino da sua próxima viagem, que país você gostaria de iniciar a sua jornada.